Pesquisar este blog

sábado, 12 de agosto de 2017

Guido Brunini



Nome: Guido Vicente Smith Brunini

Atividades: Cantor, musicista e ator

Áreas: TV e teatro

Nascimento: 01/06/1967, Piúma/ES

Óbito: 1995, Rio de Janeiro/RJ

Causa óbito: AIDS

Carreira: 1987-1994

Papel marcante: Júlio, em "Bambolê" (novela, 1987-1988)

Nota: Também atuava como pianista. Fez uma única novela: “Bambolê” (87). Possui seu nome na principal avenida da cidade de Piúma/ES. Foi diagnosticado soropositivo aos 24 anos.

14 comentários:

PanTaneira disse...

Eu ñ o conheci, mas sou amiga da mãe dele e hj tenho um gde carinho pela pessoa maravilhosa que ele foi....bjs

elencobrasileiro disse...

Grato pelo comentário. Caso possua mais dados sobre o ator, ficaríamos ainda mais agradecidos para podermos completar a ficha do mesmo.

Abração

Mario

Eduardo Pimentel disse...

Hoje (02/05/2010) lendo a crônica "Séquiço" do Aloisio de Abreu na revista Junior #16, fui remetido ao passado quando li a alusão que foi feita ao Guido Brunini, que para mim sempre foi o Guido Vicente Smith Brunini, garoto lindo e extremamente sensível que conheci ainda quando era estudante do segundo grau em Botafogo. Fiquei muito triste ao saber que nos deixou há tempos, mas é gratificante saber que ainda é lembrado com carinho por aqueles que o admiraram por terem tido o privilégio de conviverem com ele...

elencobrasileiro disse...

Valeu pelo comentario, Eduardo!!! Caso tenha mais dados sobre Guido, agradecemos...
abraçao

Mario

Karla disse...

Estudamos juntos no colegio Academico,no Humaita,aqui no Rio de Janeiro,anos 1980 e 1981,lindo,simplesmente lindo,eramos da mesma sala e quando tinhamos as tradicionais feira de Ciencias,eramos do mesmo grupo.Os anos passaram e um determinado dia estava na esquina do meu predio na Barra da Tijuca e parou um carro pedindo informacoes,era um Fusquinha e reconheci o Guido dirigindo,ele a principio nao me reconheceu,queria saber onde ficava uma gravadora ali perto(hoje a Universal),foi quando falei com ele e me reconheceu,foi um encontro delicioso,a ultima vez que o vi,saudades meu amigo

KALU disse...

guido era uma pessoa linda,bem humorado,nadador,era um "primo"muito especial.tenho comigo até hoje a gravação feita por ele em um cd, que sua mãe comprou copias para dar a amigos,guardo com muito carinho as 4 faixas deliciosas de se ouvir.guido é especial!!!!!!!!!!!!

Anônimo disse...

Minha mãe era enfermeira particular de Guido, ela sempre falava com muito carinho dele. Dizia que era uma pessoa maravilhosa e muito forte.
Ainda, mesmo com o falecimento dela, guardamos com ternura o CD do Guido Brunini, seu amigo-paciente.

Anônimo disse...

Eu me lembro dele da novela bambolê. Só um a coisa que eu não entendi se ele nasceu em 1963 e moreu em 1995 com ele poderia ter 24 anos? O Certo era para ele ter 32 anos ou no mínimo 31 anos dependendo do dia e mês que ele nasceu.

Andre Schultz Paredes disse...

Meu nome é Andre Schultz, sou diretor de cinema e tv. Hoje comentei com minha mulher Denise de uma cena que me marcou profundamente... Foi no Teatro Villa-Lobos no Rio ainda nos anos 80... a peça "A Barca do Inferno" uma ópera rock dirigida por Carlos wilson o "Damião". Era um elenco jovem mais de muito talento com figuras amigas como Carlinhos Loffer, Frota e muitos outros... a banda com dois dos filhos do mestre Luis Eça...Eu operava a luz... no fim do espetáculo sempre Guido sentava ao piano e cantava músicas maravilhosas... éramos bem jovens e me lembro bem da emoção de um dia ele cantando Supertramp... fui me aproximando e cantarolei algumas canções com ele... realmente foi uma cena marcante... de alguma forma ali nossa amizade se conectou... depois o tempo passou e não nos vimos mais... lembro com saudade desse momento mágico, embalado pela música e pela arte de um belo homem, com grande talento e sensibilidade... seja aonde for tenham certeza que a estrela de Guido Brunini brilha ! E com muita luz !

Mario Gordilho disse...

Bela narrativa André!

Mario Gordilho

Anônimo disse...

O Guido foi a minha primeira paixão. Eu estudava com a irmã dele, no primário, na Urca.
Ah... ele não nasceu em 1963... com certeza era mais novo do que eu.
Hoje ele é uma estrela no meu céu. E de muitos outros!

farinatti disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
farinatti disse...

Tínhamos uma banda, e dividimos sonhos e ansiedades da juventude.
Muitas vezes, coumpunha pensando e sua voz. Guido sempre inspirou coisas boas em mim. É meu amigo, sempre.
Tenho uma fita casseste com gravações da nossa banda, Margareth. Não tenho o CD que ele gravou, mas gostaria muito de tê-lo.
A todos, sorte, sempre.
Marcus Farinatti.
farinatti@hotmail.com

Tuany Kill disse...

Trabalho para a mãe e a irmã dele.
Não o conheci. Mas só ouço coisas lindas sobre ele.
Ele era uma pessoa cheia de luz.
Gostaria muito de ter tido a oportunidade de conhece-lo.