Pesquisar este blog

segunda-feira, 22 de maio de 2017

Aldo César



Nome: Aldo da Silva César

Atividades: Ator, radioator, dublador e cantor

Áreas: Teatro, cinema, rádio e TV

Nascimento: 20/12/1928, Ilhéus/BA

Óbito: 05/01/2001, São Paulo/SP

Causa óbito: Embolia pulmonar

Carreira: 1948-2000

Papel marcante: Dom Rafael, em "O Direito de Nascer" (novela, 1978-1979)

Relacionamentos: Era casado com Dorotéia Gonçalves (1975-2001), um filho: Leonardo.

Outros créditos: Aldo Cezar, Aldo Cesar, ou Aldo Cézar

Nota: Faleceu de embolia pulmonar em decorrência de complicações pós-operatórias para implantação de três pontes de safena e uma mamária.

Um comentário:

Luiz Alfs disse...

Rio, 11/03/2011.

Eu sempre fui fã da voz marcante do Aldo Cezar, principalmente na época em que só tinha Rádio em casa (até julho de 1965).

Ele atuou, como rádio-ator, em uma novelinha de rádio denominada OLHA O SAMBA BASTIÃO, exibida de segunda a sexta, por volta das 17h, acho que na Rádio Globo AM do Rio de Janeiro (ou então na Rádio Tupi).

Nesse trabalho ele representava o vilão de um Morro carioca.

É curioso como as próprias Estações de Rádio dedicam mais tempo a dar espaço às mazelas dos tempos modernos que à preservação de trabalhos brilhantes desenvolvidos por elas mesmas.

Em qualquer lugar do Mundo, os órgãos de Cultura preservam biografias, documentos, etc.

No Brasil, parece que somos uma nação que não quer ter passado!

Talvez, exatamente por isso, os erros são repetidos à exaustão.

Fica aqui a minha homenagem pessoal ao Aldo da Silva Cezar, e a todos os demais colegas e contemporâneos dele, que regaram a minha vida com doses diárias de emoção, via Rádio .
Luiz Alberto, Rio de Janeiro - RJ
luizalfs@gmail.com